FALE CONOSCO

Av. Porto Alegre, 2661 - Sorriso/MT - CEP 78890-000 Fone(66)3545.8100

E-mail: educa.sorriso@hotmail.com



segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

SMEC REALIZA DIA DE PLANEJAMENTO.

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Sorriso, realiza neste dia 01 de fevereiro de 2011 um dia inteiro de planejamento com todos os professores da Rede.
Para o Dia de Planejamento, os professores serão divididos em duas turmas, sendo um grupo da Educação Infantil, Educação Especial e 1º ao 5º ano e outro grupo do 6º ao 9º ano e Professores de Educação Física. 
* O Primeiro grupo (Educação Infantil, Educação Especial e 1º ao 5º ano) irá fazer o planejamento dos conteúdos  referente a cada série, na Escola Municipal Aureliano, a partir das 7 horas;

* O Segundo grupo( do 6º ao 9º e Professores de Educação Física) terá como tema de trabalho a apresentação do Novo material didático (Apostila) que será utilizado pelos alunos e professores a partir do ano de 2011. O  Material a ser utilizado será o  Sistema MAXI  de Ensino. Este grupo se reunirá na Escola Municipal Rui Barbosa, também a partir das 7 horas. 





SEJA BEM VINDO PROFESSOR! VOCÊ É A EDUCAÇÃO DE SORRISO!!!

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Prefeitura faz repasse para Associação de Pais e Mestres.

O prefeito Chicão Bedin e a secretaria de Edcucação, Avanice Zanata realizam ontem dia 26/01, no saguão da prefeitura a assinatura do convênio de repasse financeiro para as Associações de Pais e Mestres (APMs). Participaram do evento, secretários municipais, diretores das escolas e cemeis, presidentes das (APMs) os vereadores Marisa Netto e o vereador, Leocir Faccio .
De acordo com o prefeito Chicão Bedin este ano, serão repassados R$ 650 mil, divididos em 12 parcelas as 18 escolas e 10 cemeis. Os recursos deverão ser utilizado na manutenção das instituições e na aquisição de material de consumo. Conforme o projeto, cada uma das beneficiadas recebe o valor conforme a quantidade de alunos. “É nosso compromisso complementar o trabalho e incentivar cada vez mais a participação da comunidade no funcionamento efetivo das escolas e cemeis.
Para a secretária de Educação, Avanice Zanata o repasse em 12 parcelas é mais uma conquista e vem fortalecer ainda mais a educação. “Em dezembro passado, o Executivo encaminhou o projeto de lei para a Câmara autorizar o repasse já a partir de janeiro. Agora, com essa alteração, os beneficiados poderão pagar suas contas e promover pequenos reparos antes do início do ano letivo”, finalizou.

Fonte: Decom
Autor: Cleci Pavlack

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

PALESTRA PARA OS PROFESSORES COM O PROFESSOR SERRANO FREIRE.

Com grande satisfação a Prefeitura Municipal de Sorriso, através da Secretaria de Educação e Cultura convida a todos os professores das redes municipal, estadual e particular  e a população sorrisense para participarem da palestra: " O PROFESSOR QUE EU GOSTARIA DE TER", com o Conferencista Internacional Professor Serrano Freire, que realizar-se-a no dia 27 de janeiro de 2011, às 19 horas, no Palco "A" do CTG Recordado os Pagos.
No intuito de iniciar o ano letivo escolar com mais motivação, reoxigenação da arte de mediar o conhecimento e a contribuição  com o processo de desenvolvimento cultural sorrisense, consideramos  que a sua presença é de fundamental importância para implementar e abrilhantar esta ação inicial de trabalho educativo.

                    CONTAMOS COM VOCÊ!!!

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Especialistas afirmam que cantar facilita aprendizado escolar.

Pesquisas comprovam que cantar nas escolas aumenta desempenho dos alunos. Não importa se desafinado ou não, quem canta também fica menos doente, garantem especialistas.
No jardim de infância franco-alemão da cidade de Wuppertal, cantar faz parte do dia-a-dia das crianças, assim como brincar, pintar ou fazer um lanche. Alguns rituais na escolinha são repetidos a cada dia, sempre com acompanhamento musical. "Cantamos em francês. Assim as crianças aprendem o idioma brincando e adquirem um feeling para a pronúncia correta", conta a educadora Françoise Ruel.
Mas acima de tudo elas têm prazer em cantar, já que esta é uma atividade aliada ao movimento e ao lúdico, acentua a francesa. Junto com outra educadora, também proveniente da França, Ruel é responsável, no jardim de infância, pelo ensinamento do idioma estrangeiro. Com as outras quatro educadoras da instituição, os pequenos falam – e cantam – em alemão.
Heike Holland: defensora do canto como ferramenta pedagógica"Para o desenvolvimento em termos da língua, cantar tem uma grande importância, pois incentiva a capacidade de expressão", observa Heike Holland, diretora da escola infantil franco-alemã. Além disso, diz ela, com o canto treina-se a memória, pois com a ajuda da melodia é mais fácil guardar o texto.
É assim que as crianças ali vão rapidamente aprendendo o francês, além do alemão. Muitas delas (44 ao todo) já vêm, inclusive, de famílias com histórico migratório. Além do alemão, alguns falam em casa turco, espanhol, italiano ou português.
Cantar ajuda no aprendizado escolar
Mesmo que um multilinguismo do gênero não seja usual nas instituições alemãs, fato é que a maioria das educadoras do país tem cada vez mais contato com crianças bilíngues. Isso influencia também o repertório musical nas creches e jardins, observa Heike Holland, que treina outras pedagogas na formação de crianças pequenas. "Muitas das que têm histórico de migração na família trazem consigo uma música de toque oriental", conta ela. Além disso, as crianças gostam também de cantar aquilo que ouvem no rádio ou na televisão – canções, via de regra, em inglês.
O sociólogo Thomas Blank, da Universidade de Münster, sugere a pais educadores que ofereçam bastante música a seus filhos e alunos. Uma pesquisa realizada com 500 crianças abaixo de 6 anos de idade mostrou que, quanto mais elas cantam, maior é sua capacidade de aprendizado escolar. "Elas podem se expressar melhor, conseguem se colocar melhor na posição dos outros e são com menor frequência vítimas de gripes ou resfriados", cita Blank.
Cantar alia a lógica ao sentimento
O resultado das pesquisas não surpreende o sociólogo. "Entre o segundo e o sexto anos de vida, a ligação entre o lado esquerdo e o direito do cérebro, ou seja, a ligação entre a lógica e o sentimento, pode ser muito bem aperfeiçoada. E é exatamente isso que acontece quando se canta", acentua Blank.
A afinação, nesse caso, não importa. Pelo contrário. O cantar deve ser isento de qualquer pressão pela perfeição, aconselha o especialista. "As crianças precisam ter prazer cantando e têm que poder experimentar", diz ele. Pois a música é algo saudável. "Cantar diminui o estresse e a agressão, além de fortalecer o espírito coletivo", conclui Blank. Ou seja, torna o ser humano simplesmente um pouco mais feliz.

Autora: Sabine Damaschke (sv)
Revisão: Roselaine Wandscheer

Seguidores

O QUE VOCÊ ESTÁ PROCURANDO? ENCONTRE AQUI!!!

VÍDEOS EDUCACIONAIS

Loading...