FALE CONOSCO

Av. Porto Alegre, 2661 - Sorriso/MT - CEP 78890-000 Fone(66)3545.8100

E-mail: educa.sorriso@hotmail.com



sexta-feira, 30 de abril de 2010

ESCOLA MUNICIPAL AURELIANO PEREIRA EM FESTA


A Escola Municipal Aureliano Pereira da Silva está em festa, pois no próximo dia 13 de Maio estará completando 20 anos. Anos estes dedicados a educação da população sorrisense.

Como bem diz o slogan da instituição, "preparando alunos para o sucesso", a Escola Aureliano, desde sua fundação não tem medido esforços para levar o saber a todos os estudantes que por lá passaram, passam e ainda passarão.
Para externar toda a felicidade e partilhar os momentos felizes com toda a comunidade, a Escola Aureliano Pereira da Silva, realizará neste dia 06 de maio, às 19h30min. um JANTAR FESTIVO, quando se servirá uma magnifica macarronada.

Todos estão convidados!!!

quinta-feira, 29 de abril de 2010

CEMEIS BOM JESUS NA I FEIRA DO LIVRO


A escola em comum acordo entre as professoras do Pré I e Maternal II, elaborou atividades voltadas a literatura de uma forma mais ampla, não se restringindo apenas aos livros e histórias do escritor Ziraldo.
Acreditamos ser importante o acesso das crianças a todas as formas e segmentos literários, desde a educação infantil, pois assim adquirem o hábito e o gosto pela leitura. Diversas formas e diversos materiais foram confeccionados, para auxiliar e tornar mais prazeroso para a criança o memento da história, pois nessa faixa etária de 3 a 5 anos, instigar a imaginação é a principal forma de prepará-los para contextualização dos conhecimentos que virão nas séries seguintes. Equipe Cemeis Bom Jesus.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

A IMPORTÂNCIA DA PARTICIPAÇÃO DOS PAIS NA ESCOLA

* Profª Denize Pizzatto
Houve uma época em que os pais acompanhavam o desenvolvimento escolar de seus filhos. Participavam das reuniões de pais e mestres, das promoções realizadas pela escola e tinham tempo para isso. Levar o filho para a escola e buscá-lo ao final do período era compensador. Ou mesmo, esperá-lo em casa com as suas guloseimas preferidas. Os problemas de comportamento na escola não eram tão acentuados. Existiam, mas nada que não fosse resolvido com uma conversa entre pais, alunos e professores. O respeito mútuo era a chave do bom relacionamento. Contudo o progresso trouxe as mudanças e as dificuldades do mundo moderno, que atingiram em sua extensão a base da sociedade mundial, a família. A globalização provocou mudanças na base familiar. Os pais passaram a trabalhar fora e os filhos passaram a ficar parte de seu dia com a babá e parte na escola. Isso, quando a família possuía condições financeiras para arcar com as despesas de uma pessoa que cuidasse de seus filhos, porque a maioria das crianças permanecia sozinha em casa. Não existe mais o acompanhamento dos deveres da escola, não existe o tempo para o diálogo. Assim, a escola vai mal, a família se divide, os pais chegam cansados e sequer olham para seus filhos. As famílias se separam. Os problemas comportamentais começam a acontecer. Novos amigos são incluídos no dia-a-dia das crianças. Os pais nem sabem de quem se trata e dessa forma o inevitável acontece. Passam pelo ensino fundamental e quando chegam ao médio, adolescentes, imaginam que sabem o que querem da vida, já não possuem parâmetros familiares, limites então, nem se fala. Não sabem cumprir horário. Não sabem se organizar. Não são solidários. Enganam e se deixam enganar. E, onde isso explode? Na escola. Primeiro, não querem saber das regras da escola. Segundo, falta-lhes a concepção de respeito para com os educadores e colegas. Terceiro, não conhecem limites. A escola passa ser um lugar de reeducação. E, não é esse o objetivo da escola. Educação se dá no berço. A escola tem metas claras que é a de formar cidadãos politicamente corretos, participativos e hábeis para que tenham um futuro. Uma das metas mais difíceis que os educadores almejam é a presença dos pais e a participação destes na vida escolar de seus filhos. Não importa a idade, a série que está cursando, mas a parceria da família com a escola. Afinal, a família é ainda a base da sociedade, é a partir dela que se formam os grandes líderes. Os pais comparecem à escola quando são convocados para as reuniões ou quando exigem a sua presença devido a algum problema acontecido com os seus filhos. São pouquíssimos os pais que vão à escola livremente para saber do desenvolvimento de seus filhos. Mas, essa minoria já nos dá a esperança de que ainda poderemos mudar essa história da educação. Fica um alerta aos pais: a escola e a família juntas serão imbatíveis na formação de seres humanos com futuros brilhantes. Ainda dá tempo de mudar esta imagem!

* Denise Pizzatto é coordenadora pedagógica da Escola Estadual Mário Spinelli-Sorriso/MT

quarta-feira, 21 de abril de 2010

I FEIRA DO LIVRO É SUCESSO DE PÚBLICO


Encerrou nesta segunda feira, 19, a I Feira do Livro, promovida pela prefeitura de Sorriso, através da Secretaria de Educação e Cultura (SMEC). O evento aconteceu na Praça da Juventude e no Palco do CTG Recordando os Pagos. Começou no dia 18 de abril e colocou a disposição do público toda a obra do grande escritor mineiro, Ziraldo, possibilitando aos fãs, não só o contato com a obra, mas a oportunidade de pousar ao lado do escritor e imortalizar o momento com fotos e autógrafos.
Para a Secretária de Educação e Cultura do Município de Sorriso, Avanice Lourenço Zanatta, “a primeira Feira do Livro alcançou seu principal objetivo, ou seja, de divulgar a literatura e criar nas pessoas o hábito de ler, pois somente com pessoas leitoras é que se transforma um país. Por outro lado o grande sucesso que teve a primeira Feira do Livro faz com que tenhamos cada vez mais responsabilidade, pois se na primeira edição do evento, o maior escritor vivo da literatura infantil se fez presente, para a segunda edição, em 2011, teremos que trazer alguém tão bom quanto o Ziraldo”, concluiu Avanice Zanatta.
Para o Presidente da Câmara de Vereadores do Município de Sorriso, o Vereador Chagas Abrantes "A primeira Feira do Livro de Sorriso, torna-se um divisor de águas, uma marca histórica para a educação de Sorriso, pois pela primeira vez se valoriza grandes escritores, como Ziraldo, e se lança a semente de futuras gerações de leitores”,
O vice-prefeito, Vanderlei Paulo esteve na abertura da Feira no Domingo à tarde, assim como na manhã desta segunda-feira, (19) e mostrou satisfação com os resultados, principalmente em relação ao grande número de jovens e crianças, que prestigiaram o evento durante seu período de realização. Segundo ele “está na hora de Sorriso, ser conhecido, não só pela grande produção agrícola, mas também pela produção artística e cultural e, que os professores são os grandes protagonistas dessa revolução. Pois é através da revolução cultural, da leitura que as pessoas conseguem se libertar e caminhar com as próprias pernas”.
A Secretária de Educação lembrou que a Feira do Livro é um sonho da atual gestão, que em pouco mais de um ano à frente da pasta, torna-se realidade e, uma realidade que chegou para ficar.
Segundo Avanice “no que depender da Administração Chicão Bedin/Vanderlei Paulo, da Equipe da SMEC e principalmente dela mesma o sucesso está garantido. Pois a energia e o trabalho de todos os envolvidos farão com que a edição de 2011 seja tão importante quanto a de 2010”.
Para o escritor Ziraldo, a I Feira do Livro de Sorriso, fez com ele descobrisse uma cidade maravilhosa, uma cidade de gente bonita e acolhedora, uma cidade que tem tudo para dar certo e ser em pouco tempo a melhor cidade para se viver no Brasil. No entanto fez uma ressalva “ um País, um Estado, uma Cidade só são grandes de verdade quando as pessoas são felizes e, possuem condições dignas de sobrevivência. Para tanto é necessário que as pessoas tenham acesso a educação de qualidade, saindo assim da condição de analfabetos funcionais e tornando-se, no sentido pleno da palavra, verdadeiros cidadãos. Mas essa mudança só acontece através da leitura. E é o livro que transforma as pessoas e, para tanto os professores devem se colocar como os verdadeiros protagonistas dessa transformação, plantando em cada criança a semente e o gosto pela leitura”.
O trabalho certamente não é pequeno, as barreiras a serem ultrapassadas são bem altas, o topo da montanha do conhecimento está a centena de metros acima de nossas cabeças, mas a possibilidade de criarmos uma população de leitores está em nossas. Queridos colegas professores devemos nos unir e fazer com que nossa missão, a de formar pessoas, seja empolgante e plenamente realizável, pois como diz o grande poeta português Fernando Pessoa, “tudo vale a pena, quando a alma não é pequena”.
Prof. Jairo Brizola

I FEIRA DO LIVRO DE SORRISO/MT

SECRETÁRIA AGRADECE AOS PROFESSORES E ALUNOS DA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PELO BRILHO QUE FOI O MEGA EVENTO “ A PRIMEIRA FEIRA DO LIVRO DE SORRISO”
A Secretária Municipal de Educação e Cultura, Senhora Avanice Lourenço Zanatta faz questão absoluta de tornar público o seu especial agradecimento e parabenizar todos os professores, coordenadores,diretores, pais e alunos que plenamente se envolveram tanto com os trabalhos que antecederam a I Feira do Livro de Sorriso, quanto com a apresentação deste mega evento que aconteceu no último domingo (18 de abril) e que foi concluído com palestra na segunda-feira pela manhã.
Disse a Secretária que a Secretaria de Educação planejava trazer para Sorriso alguém de renome para contribuir com a cultura municipal e que durante uma reunião de coordenadores, uma professora citou o nome de Ziraldo que imediatamente caiu em consenso e que em função da agenda difícil do escritor, ele só poderia se fazer presente no domingo e na segunda-feira.
Extremamente satisfeita com os resultados da Feira do Livro, com a dedicação e empenho dos docentes,estudantes, coordenadores e diretores que em vigorosa demonstração de grandeza e construção cultural não se incomodaram em sacrificar o domingo e projetaram os melhores esforços para que o evento acontecesse, Avanice agradece e parabeniza a todos registrando o seu reconhecimento.
Disse ainda que estes mesmos elogios, agradecimentos e reconhecimento de trabalho são extensivos a todos que compõem a equipe da SMEC que magnificamente disponibilizaram todo empenho e sinergia possível para o sucesso desta força tarefa com Ziraldo.
Avanice disse também que em conversa com Ziraldo, ele comentou que sentiu-se feliz e impressionado com a criatividade dos trabalhos e o talento dos alunos e que este município está de parabéns por valorizar a cultura através da literatura.Ela finalizou afirmando que o sucesso deste evento deixou a convicção de que a responsabilidade para o próximo ano com certeza é maior ainda, pois a qualidade da Feira do Livro tem que ser mantida.
Por Vera Godrin

quinta-feira, 15 de abril de 2010

SEJA BEM VINDO ZIRALDO!


Tenho imensa e profunda admiração pelas pessoas que escrevem principalmente para crianças. Acredito que a infância precisa da fantasia e do brincar e que a adolescência necessita do sonho e esperança. Há dias assisti a uma entrevista com Tatiana Belinky e, sobre uma pergunta em como vem as palavras as quais ela escreve, com tamanha simplicidade, dizia que para ser escritor não existe o ser sério, é preciso brincar com as palavras como se pula amarelinha, de esconde-esconde. Diz ela “vou escrevendo, escrevendo e depois quando leio eu mesma nem sei de onde veio tudo que preencheu o papel, aí penso ‘ué, de onde veio isso?’ ”, parece simples, mas, para nós, muitas vezes aterrorizados pelo papel em branco, tudo parece muito complexo.
Penso que a escrita é um dom que pertence a uns menos e outros mais e, nesse rol de magia das palavras, encontra-se Ziraldo. “Um Menino Maluquinho”, inteligente, perspicaz, travesso e muito, muito preocupado com nossas crianças que precisam de infância, em um mundo cada vez mais esquisito e desorganizado.
Neste domingo, dia 18 de Abril, acontece a I Feira do Livro de Sorriso, iniciativa importantíssima e presença memorável a todos que lá se fizerem presentes; a de Ziraldo! Também poderão ser prestigiados os trabalhos realizados pelas Escolas Municipais, desde a Educação Infantil até o 9º ano e, pelo olhar dos professores, de nossas crianças e adolescentes surgem diferentes leituras de Ziraldo. Vale a pena conferir esse momento que entrará para a história de Sorriso!

Profª Eloísa

GRUPO DE ESTUDO DA ESCOLA MUNICIPAL VILA BELA

A Escola Municipal Vila Bela realizou no dia 01 de abril um grupo de estudo com todos os profissionais da instituição, objetivando melhorar e qualificar ainda mais os servidores públicos que lotados na escola.

Várias atividades foram desenvolvidas ao longo do encontro. Num primeiro momento o personal treiner Alex colocou todo mundo pra se mexer com a Ginástica Laboral. Em seguida a Fonoaudióloga Patrícia Daniele, da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Sorriso, transmitiu algumas técnicas para o cuidado com a voz e, a importância que esta tem para o profissional da educação, já que é sua principal ferramenta de trabalho. Na seqüência dos estudos, o Secretário Escolar Rafael Maniezzo, repassou aos professores, algumas tecnologias que irão facilitar o trabalho burocrático dos mesmos.
Durante o encontro os professores também estudaram o Projeto Político Pedagógico da escola, colocando suas idéias e se interando da filosofia da escola, bem como de todo o contexto educacional e da prática pedagógica para o século XXI.
Também se fez presente no grupo de estudos realizado na Escola Municipal Vila Bela o Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, o senhor João Donizete Bertelli, que na ocasião falou sobre os projetos do sindicato, bem como sobre as alterações no plano de cargo e carreira.
Mas como ninguém é de ferro... Quando bate aquela fome nada melhor do que fazer uma “boquinha”. Veja o apetite da galera.
Educação se faz com empenho e dedicação e, os professores da Escola Vila Bela bem como das outras escolas da Rede Municipal vem se empenhando incessantemente para atingir melhores resultados no processo de ensino aprendizagem. Parabéns a todos que fazem da arte de ensinar o seu ideal de vida, pensando mais na felicidade do outro do que na própria, pois como diz Paulo Freire, “ se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda”.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

DEPARTAMENTO DE CULTURA DA SMEC APRESENTA PEÇA DE TEATRO EM ESCOLAS E CEMEIS.


Plenamente envolta em natureza cômica cunho didático/pedagógico a equipe do Departamento de Cultura da Secretaria Municipal de Educação de Sorriso está levando para as Escolas e CEMEIS a partir de 09/04 até 18/06 a peça teatral ``A Clínica do Dr. Biribão´´
Através de uma iniciativa cultural de teatro mambembe (ambulante) a professora
Rosemere Felix do Nascimento preparou uma equipe de cinco alunos da Rede Municipal de Educação que nun clima alegre e atrativo levam para a Educação Infantil e o Ensino Fundamental I um ideal de Artes cênicas.

Acreditando que é também na Cultura que a vida pulsa, faz-se necessária reconhecer o quão salutar é esta ideia e registrar que são propostas assim que dinamizam e oxigenam o contexto cultural humano.
Por Vera Godrin

quinta-feira, 8 de abril de 2010

PROFUNCIONÁRIO: Programa de Formação para Profissionais da Educação.


Sabemos que o processo educativo vai além das salas de aulas e que o novo cenário educacional, requer profissionais capacitados para desempenhar a sua função com uma intenção educativa.
O Programa de Formação para Profissionais da Educação Profuncionário busca transformar os sujeitos envolvidos nesse processo. Assim estes profissionais vão além do que desempenhar funções simples, serão capazes de planejar e agir intencionalmente, ver possibilidades para transformação. Portanto o curso é voltado para profissionais da educação não-docentes que sejam efetivos nas redes de ensino tanto estadual quanto municipal.

O Programa Profuncionário é uma ação conjunta do MEC e outras instituições com parceria da Seduc MT e Secretaria Municipal de Educação.
As formações técnicas se dá nas seguintes habilitações: Técnico em gestão escolar, Técnico em multimeios didáticos, Técnico em alimentação escolar e Técnico em infra-estrutura escolar.
Cada uma das habilitações do Profuncionário é composta por 16 módulos: seis da Formação Pedagógica e dez da Formação Específica. No primeiro ano ocorre a Formação Pedagógica onde os módulos contemplam filosofia, sociologia, história da educação, psicologia, já na formação específica contempla a área de formação técnica.
Como curso de formação técnica exige-se do funcionário a formação de Ensino Médio.
Os encontros presenciais são mensais, onde são dadas as orientações e ocorre discussões e reflexões sobre o que foi estudado.
Com a habilitação profissional, além da competência, haverá um reconhecimento público: limpar uma sala de aula é uma ocupação, fazer a manutenção da infra-estrutura, transformar os espaços das escolas em espaços educativos, será uma nova profissão. Uma merendeira, embora possa ser considerada na escola uma educadora, é simplesmente uma executora, uma fazedora de merenda. Já a técnica em alimentação escolar é uma educadora profissional, que domina os conhecimentos da nutrição, que planeja, executa e avalia seu trabalho, tanto como produtora dos mais saborosos cardápios, como educadora alimentar, integrada à proposta pedagógica da escola. Assim é também nas outras identidades.
Portanto com a atuação e participação desses profissionais na escola, possibilitará condições para que seja realmente desempenhada uma educação efetiva que vá de encontro com a necessidade da comunidade.
Prof. Joseilton

ESCOLAS SE MOVIMENTAM PARA A I FEIRA DO LIVRO DE SORRISO.


Com o intuito de abrilhantar ainda mais a I edição da Feira do Livro de Sorriso, os professores das Escolas Municipais estão trabalhando toda a obra literária do escritor Ziraldo, fazendo com que os alunos possam ter contato com tão rico acervo literário.
Trabalhando de forma lúdica os professores conseguem transmitir de forma prazerosa e emocionante todo o conhecimento contido nos escritos do “pai” do “Menino Maluquinho”. Parabéns Professores!!!

Vejam um pouco do que os professores e alunos da Escola Municipal Jd. Amazônia estão desenvolvendo para a I Feiro do Livro.

7º FETRAN - ETAPA NORTÃO


Com o tema “Educação para o Trânsito”, o FETRAN, ou seja, o Festival Estudantil Temático Teatro para o Trânsito, chega a sua 7ª Edição em 2010, mantendo sua identidade inicial de criar uma consciência entre os estudantes de saber usar e fazer parte do trânsito de forma consciente e responsável.
O FETRAN é um festival estudantil de teatro em que todos os espetáculos concorrentes têm como tema a “Educação para o Trânsito”. Ele é dividido em etapas distribuídas por regiões do Estado de Mato Grosso e em três categorias compreendidas em: infantil, infanto-juvenil e juvenil.
O evento é dividido em seis etapas, sendo uma a nível estadual envolvendo os melhores das cinco etapas regionais e, tem como principais parceiros na realização do evento: a Polícia Rodoviária Federal, o DETRAN-MT, a SEDUC/MT e o Governo de Mato Grosso, contando nas etapas regionais com o apoio das prefeituras dos municípios sedes.
A “ETAPA NORTÃO”, tendo à frente a Secretaria Municipal de Educação e Cultura, acontecerá em Sorriso nos dia 12, 13, 14, 15 e 16 de abril de 2010 no Auditório Flor da Soja, no Park Shopping Sorriso, com premiação programada para ser entregue às escolas e aos atores participantes no dia 16 de abril às 19h30min.
Esta será uma ótima oportunidade para que você e sua família desfrutem da magia do mundo do teatro. Aproveite o passeio e bom espetáculo!

CRONOGRAMA DO EVENTO:

Dia 12/04
Início às 19h30min.: Abertura Solene – Local: Auditório Flor da Soja.
Dias 13, 14, 15/04
14h e às 17h30min.: Apresentações teatrais - Local: Auditório Flor da Soja
Dia 16/04
14h00min.: Apresentações teatrais - Local: Auditório Flor da Soja
19h30min.: Premiação

terça-feira, 6 de abril de 2010

II SEMINÁRIO DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA: DIREITO À DIVERSIDADE.



Direito a diversidade é o tema do II Seminário da Educação Inclusiva promovido pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura do Município de Sorriso, em parceria com o Ministério da Educação e cultura que acontecerá entre os 26 e 30 de abril de 2010.
Falar da temática do Seminário implica necessariamente nos reportarmos à educação inclusiva, cujo trabalho é pautado nos valores e na diversidade. A educação inclusiva deve garantir a qualidade de ensino educacional, reconhecendo e respeitando a diversidade, independente de etnia, necessidades educacionais especiais, idade, condição social, sexo ou qualquer outra situação. A escola é o espaço privilegiado para trabalhar a diversidade da cultura humana e os valores éticos de respeito ao outro, respaldado na Constituição Federal, artigo 208, inciso terceiro, que postula que crianças com necessidades especiais sejam atendidas preferencialmente por escolas regulares, na Lei de Diretrizes e Bases, que qualifica o princípio genérico da Constituição e nos Parâmetros Curriculares Nacionais - PCNS, que assegura a partir da diversidade, a mesma igualdade de oportunidades educacionais.
Sorriso como Município-pólo do Programa Federal de Educação Inclusiva Direito à Diversidade com área de abrangência de 23 municípios, propõem com este Seminário debater os problemas, ainda enfrentados, pela educação inclusiva e apontar caminhos que possam melhorar a vida de estudantes e professores dos municípios de abrangência do Pólo. Haja vista, que discussões e debates como estes sobre a educação para a diversidade e a disseminação da política de educação inclusiva com respeito à diversidade, faz com que, pais, governantes, dirigentes educacionais, enfim a sociedade como um todo garantam o direito dos alunos com necessidades educacionais especiais de acesso e permanência, com qualidade nas escolas da rede regular de ensino.
O grande desafio é construir uma cultura de inclusão que garanta as pessoas com necessidades educacionais especiais um lugar na sala de aula, que é por natureza um dos espaços imprescindíveis para o desenvolvimento pessoal e da cidadania.
Devemos buscar enquanto educadores e família revertermos à exclusão de crianças, jovens e adultos com ou sem necessidade especial no sistema de ensino. Para que possamos tornar realidade o sonho de termos todos na escola, participando, aprendendo e acima de tudo desenvolvendo suas potencialidades.
O II Seminário de Educação Inclusiva terá como palestrantes profissionais de renome nacional e até internacional. Todos especialista nos assuntos que proferirão durante as palestras.
Para o evento serão disponibilizadas 150 vagas ao todo. No entanto os interessados em participar do II Seminário de Educação Inclusiva deverão se apressar, pois serão apenas 80 vagas abertas ao público. Haja vista que 70 vagas estão destinadas aos municípios partes do pólo de Sorriso.
Prof. Jairo Brizola

PROGRAMAÇÃO:
26/04 –
08h30min. – Prof. João Robert Poulin: “Formação do professor voltada para a inclusão escolar”.
13h – Prof. Jean Robert Poulin: “Deficiência Intelectual no atendimento Educacional Especializado”.
- Apresentação Cultural;
- Mesa Redonda;
27/04
7h.: Elizabete de Camargo Magalhães Castro: “AEE – Tecnologia Assistiva”
- Apresentação Cultural
13h.: Profª Clarissa Alliati Beleza: “Transtornos Globais do Desenvolvimento”.
- Mesa Redonda;
28/04
7h.: Profª Rita Vieira Figueiredo: ”Atendimento Educacional Especializado/Sala de Recursos Multifuncionais”.
13h.: Prof. Rubens Wajnsztejn: “Dificuldades ou distúrbios quando a avaliação multiprofissional é determinante na aprendizagem”.
- Mesa Redonda;
29/04
7h.: Egidio Romanelli: “Problemas de Aprendizagem no contexto da Educação Inclusiva”;
Apresentação Cultural.
13h.: Egídio Romanelli: “Avaliando e identificando as necessidades educacionais: contribuições da Neuropsicologia”.
- Mesa Redonda;
30/04
07h.: Prof. Eliene Vieira Figueiredo: “ Oficinas: Práticas de leitura e escrita no contexto das diferenças”.
13h.: Continuidade das Oficinas.

segunda-feira, 5 de abril de 2010

I FEIRA DO LIVRO DE SORRISO/MT


A I FEIRA DO LIVRO DE SORRISO (promovida pela Secreta Municipal de Educação e Cultura de Sorriso) nasce como uma das maiores feiras a céu aberto do Estado de Mato Grosso, está programada para acontecer nos dias 18 e 19 de abril (Domingo e Segunda), na Praça da Juventude, em Sorriso. O evento tem como grande objetivo social atuar como disseminador e incentivador da cultura e educação por meio da literatura em toda a região.
No intuito de valorizar a cultura Nacional, o evento contará com a participação do escritor, de renome internacional, Ziraldo (criador do “Menino Maluquinho”), que na ocasião estará interagindo com público presente, dando autógrafos para os fãs além de uma coletiva com toda a imprensa local e regional.
Além de tão ilustre presença, a I Feira do Livro de Sorriso, reunirá diversas atividades culturais voltadas para crianças, jovens e adultos dos mais diversos segmentos, promovendo venda de livros, exposições, palestras, apresentações artístico-culturais, com artistas locais.
Esta será uma ótima oportunidade para que você e sua família desfrutem da magia do mundo da literatura. Aproveite o passeio e boa leitura!

Programação:
Dia 18 de Abril
16h: Abertura Oficial da Feira com Composição da Mesa de Honra;
16h15min.: Apresentação de atividades desenvolvidas pelos alunos;
16h30min.: Considerações das autoridades presentes sobre a I Feira do Livro;
17h: Coletiva com o Escritor Ziraldo;
18h30min.: Apresentações Culturais;
20h30min.: Momento para autógrafos;

Dia 19 de Abril
8h: Palestra para os professores com o escritor Ziraldo no Palco “A” do CTG
Por Prof. Jairo Brizola

Alunos e professores do Casec encerram atividades do Projeto de Educação Ambiental.


No sábado dia 27, foram realizadas as atividades de encerramento do Projeto de Educação Ambiental – Atitude Sustentável por um Planeta Melhor. O projeto é uma extensão do curso de Educação Ambiental que as monitoras Lenira Arsego e Zenaide Wanderley da Silva desenvolveram em Sorriso. As cursistas integram a equipe do Curso de Educação Ambiental, promovido pela Universidade Aberta (UAB), em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), no Pólo da UAB de Sorriso-MT.
O Projeto de Educação Ambiental - Atitude Sustentável por um Planeta Melhor foi desenvolvido junto ao CASEC (Centro de Atendimento Sócio-educativo para Crianças e Adolescentes do Bairro Jardim Amazônia) para transmitir a mensagem da interação do ser humano com a natureza.

Tanto na implantação como no desenvolvimento das atividades do projeto, elas envolveram a direção, professores, alunos e colaboradores do CASEC, tanto na parte teórica como na prática. Já acontecem no centro de atendimento desde julho de 2009, atividades em prol do meio ambiente e com a participação em mais este projeto somou resultados animadores com as crianças, afirma a pedagoga Nilce Adams. Enquanto a diretora do CASEC Sônia Bonifácio complementa: “foi de suma importância a nossa parceria com esta ação em prol do meio ambiente.”
Ana Carolina Travassos

quinta-feira, 1 de abril de 2010

PULSEIRAS COLORIDAS: AS PULSEIRAS DO SEXO


À primeira vista, é só uma colorida pulseira de plástico nos pulsos de crianças. Tudo muito inocente, mas só parece inocente. Mas na realidade elas são um código dentro de um jogo com forte e explicita conotação erótica e sexual.
Poderia confundir-se com mais uma daquelas modas que pega, uma vez que é usado por milhares de estudantes em várias escolas de educação básica do Brasil e do mundo e custa apenas alguns centavos em qualquer banca de esquina. E antes fosse.
A prática de usar pulseira colorida remonta a antiga Mesospotâmia, e com a mesma conotação que possui atualmente, ou seja, a sexual.
A própria figura da pulseira por si só já traz uma imagem de submissão e escravidão. Afinal eram através dos pulsos que escravos e prostitutas eram acorrentados. Há dois mil anos atrás, as meretrizes da Mesopotâmia usavam pulseiras coloridas, que significavam as especialidades sexuais de cada uma. Com a queda desta civilização, esta prática ficou esquecida. Mas renasceu na Alemanha dos anos 20 e 30, poucos anos antes de ser governada por Hitler. Naquela época as prostitutas alemãs usavam pulseiras coloridas de plástico e cada cor tinha um significado sexual. O “snap”, ou seja o jogo do sexo surgiu nesta época na Alemanha. No entanto auando Hitler chegou ao poder a farra com as garotas de programa, que utilizavam as famosas pulseirinhas coloridas, ficou restrita aos militares nazistas. A partir daquele momento estas meretrizes exclusivas além de usarem pulseiras coloridas eram obrigadas a usar uma tatuagem onde estava escrito:“ Prostituta do Exército Alemão". Com a queda do nazismo, logo esta prática foi esquecida .
Depois a moda das pulseiras coloridas renasceu nos anos oitenta, sendo chamada de pulseiras da amizade.
Atualmente elas surgiram com o mesmo significado que as prostitutas da Messopotânea e do exército nazista usavam.
Para evitar que as crianças utilizem este adorno com funções sexuais é necessário que os pais dialoguem com elas e conversem sobre o histórico desta bijuteria com funções maliciosas. Realmente , quando um adolescente inteligente souber que este tipo de pulseira foi utilizada por meretrizes de nazistas, com certeza, ele deixará de usá–la imediatamente
Igualmente ao que era praticado na Mesopotâmia e na Alemanha Nazista, as "pulseirinhas coloridas" ou "pulseirinhas do sexo", atualmente são multicoloridas, com significados bem específicos quanto ao que o usuário da pulseirinha terá que praticar com aquele que conseguir arrebentar o seu adorno colorido.
As crianças, adolescentes e até jovens andam uns atrás dos outros nos recreios das escolas, na tentativa de rebentar uma das pulseiras. Quem a usava terá de “oferecer” o acto físico a que corresponde a cor. É o “último grito” do comportamento promíscuo que sugere, cada vez mais, que a inocência da infância pertence a um passado longínquo.
Quase tão chocante como as “festas arco-íris”–encontros com muito álcool e droga à mistura, em que as raparigas usam batons de cores diferentes para deixar a “marca” nos rapazes após o sexo oral -, as «pulseiras do sexo», que custam apenas uns poucos reais(um pacote com várias), têm um custo maior que foge ao alcance de muitos pais.

Significados das Pulseiras Coloridas
Confira os significados de cada cor e examine o comportamento de seu filho ou de qualquer outro adolescente.Fique atento as cores e se ele sabe o significado das pulseiras.

Amarela=dar um abraço no garoto.
Laranja=dar uma “dentadinha do amor”.
Roxa=um beijo de língua(talvez sexo).
Cor-de-rosa=a menina deve mostrar os seus seios.
Vermelha=dança erótica à curta distância(lap dance)
Azul=menina fazer sexo oral com o rapaz
Verdes=são as dos chupões nos pescoço.
Preta=A pulseira significa fazer sexo com o rapaz que arrebentar a pulseira
Dourada=tem que fazer todos os itens citados anteriormente

Seguidores

O QUE VOCÊ ESTÁ PROCURANDO? ENCONTRE AQUI!!!

VÍDEOS EDUCACIONAIS

Loading...